Av. Sargento Ananias de Oliveira, 147 - Marília/SP
(14) 3422-4561
Tia Marta
Av. Sargento Ananias de Oliveira, 147 - Marília/SP
Contato escolatiamarta@hotmail.com
(14) 3422-4561
Tia Marta HomeA EscolaFotosCalendárioExtra CurricularesContato
Adaptação Escolar
Adaptação Escolar
O primeiro dia na escola é sempre muito difícil. Ganhou até um nome: adaptação. Adaptação dos filhos, que chegam a um ambiente novo, diferente e desconhecido. E adaptação dos pais, que também sofrem com a ansiedade e o medo da reação da criança. A adaptação escolar é exatamente esse tempo dado às crianças (e aos pais) para que se acostumem à nova rotina.
Para pais e mães, esse é sempre um momento difícil, mesmo que a escolha da escola tenha sido algo muito pensado e ponderado.
Despedir-se do filho na entrada da escola dói muito. Se o filho vai para o berçário com poucos meses, a aflição é por deixar alguém tão pequeno e indefeso nos braços de um “estranho”. Se a criança já é um pouco maior, pode ser difícil por estar mais acostumada a ficar em casa ou porque parte o coração dos pais ouvir: “Não quero ir pra escola, quero ficar com você”. Sabemos que é uma missão difícil, mas, nessa hora, não deixe que a criança perceba a sua angústia e a estimule para que se sinta confiante e independente.
 Muitas vezes, a criança chora e diz que não quer ficar com a professora. É preciso identificar se não é um choro manipulador, pois há crianças que fazem uso dessa artimanha para impedir que os pais as deixem. Muitas vezes, a criança chora ao ver o familiar se afastando, mas, logo depois, para e começa a brincar com os coleguinhas. Há momentos em que é importante ir embora sem olhar para trás, para evitar que essa situação se arraste por mais tempo.
Em outras situações a criança não demonstra insatisfação e sequer exige a presença dos pais nos primeiros dias. Como agir em cada um desses casos? Para começar, você deve saber que a adaptação é um momento de transição na vida da criança. Por isso, é importante estar tranquilo em relação à escola e transmitir essa tranquilidade para seu filho.
Caso seu filho ainda não ande, passe-o para o colo da professora com um beijo, mas sem muita enrolação, pois o bebê também sente a sua insegurança. Se ele já for maior, incentive-o a entrar na escola caminhando e levando a própria mochila. Agora, se é você que não consegue se controlar na hora do adeus, considere pedir para que outra pessoa leve seu filho para a escola durante alguns dias. Com o tempo, você estará mais tranquilo e poderá assumir a função outra vez.
 
Cabe aos pais o papel de esclarecer e explicar por que a criança está indo para a escola, deixar claro que ela vai ficar sozinha lá com as professoras e amiguinhos. Não crie falsas expectativas no seu filho. O melhor é dizer a verdade. Explique que você vai acompanhá-lo por um período, mas que, depois disso, você vai voltar ao trabalho.
Vá trabalhar feliz e faça com que o tempo que você tem com ele seja de muita qualidade. No entanto, se achar que está sofrendo mais do que deveria com essa situação, não hesite em procurar ajuda de um profissional.
E lembre-se: não é somenteseu filho que precisará passar por adaptação. Você também terá uma fase de integração com os novos pais e professores – e é importante estabelecer esse vínculo logo no início. Participe das atividades propostas pela escola, procure ir aos eventos sociais, como aniversários dos colegas, organize com outros pais piqueniques ou passeios. Lidar com as diferenças e ressaltar a importância do convívio social são boas maneiras de dar o exemplo. E estabeleceresse contato é uma forma de incentivá-lo ainda mais a se abrir para novas amizades.

(14) 3422-4561
Av. Sargento Ananias de Oliveira, 147 - Marília/SP